Parece obvio, se tem reforma ou construção tem projeto. Quem convive com o meio da construção civil sabe que na prática não é como deveria ser.

O conselho de arquitetos e urbanista mapeou  mais de 80% das pessoas envolvidas em uma construção ou reforma executam sem ter um profissional técnico habilitado.

Isso significa que muitos trabalhos de obras, construção e reforma são feitos por apenas um pedreiro um pouco mais espertinho pela sua experiencia e um ajudante. E muitas vezes são encanadores e eletricistas também.

E culturalmente isso vem se estendendo e tomando proporções com bastante relevância.

Então será mesmo que não precisa de um projeto?

Será mesmo que se está economizando dinheiro em não contratar um projeto? Porque a primeira resposta é que o profissional  é caro.

Será mesmo que está tudo certo considerar apenas a experiencia da mão de obra?

Pra quê serve um projeto?

Além de se fazer uma simulação de como vai ficar um projeto é uma maneira de fazer um planejamento de como poderá ser executado.

Ele é uma previa. É uma previa muito importante.

Projeto não é só um layout básico. Como também projeto de prefeitura não é um projeto executivel.

Um projeto é um meio de comunicação entre um desejo e o realizável. É como se fosse as letras de um livro, que tem uma mensagem a ser compreendida.

O projeto precisa ter informações suficientes para ser entendido e transformado em algo palpável.

Somente com um projeto completo é que se pode planejar e mapear quanto vai custar a obra, a execução; quanto vai ser os diversos serviços, quanto vai gastar com material. Não só quanto vai gastar financeiramente, mas também quanto vai gastar no sentido quantidade.

Quanto ao item material é sempre bom lembrar, tem materiais que levam em media 40 dias para serem entregues. Esses são matérias que devem ser encomendados com certa antecedência para que a obra não pare para em determinada etapa.

Projeto serve para organizar as etapas dos serviços. O que vem primeiro, o depois, qual a sequência e a logística para se ter bons resultados.

Projeto serve também para “dizer” tem um profissional da área envolvido. Tem um profissional envolvido que pensou em questões técnicas construtivas, em questões como funcionalidade, praticidade, em questões como estética e design. Um profissional que interpreta desejos para se tonar realidade.

Por mais experiencia que tenha um executor, se ele não for arquiteto ou engenheiro, ele nunca poderá responder como autor de projeto ou mesmo responsável técnico.

Projeto não é um artigo opcional, ou um artigo de luxo. É um documento necessário de um processo que vai de um desejo até a finalização e materialização de  uma ideia.

Deseja saber algo sobre o assunto?

https://goo.gl/forms/WNLhkkY3400ajtXU2

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s