Primeiramente, antes de qualquer ação, é necessário consultar a legislação do local e saber o que é permitido.

O código de obras e leis municipais, em cada Prefeitura, têm suas particularidades. E se for em condomínio fechado, tem ainda as leis do condomínio. E sempre as que valem são as mais restritivas.

Talvez você tenha um sonho de uma casa com características modernistas, talvez você queira usar processos construtivos alternativos como still frame, enfim e você descobre que o local só permite casas com telhados coloniais e sistema construtivo tradicional de tijolos. E nem pode se quer usar um revestimento mais atual e diferenciado na sua fachada.

Isso é real.

Estava estudando a legislação de outro município diferente de onde eu moro e me deparei com essas questões.

Fazendo minha análise, eu concordo que precisa ter leis e regras de ordenamento. Não somente de ordenamento, e sim, inclusive de direcionamento e mais além, em pensar adiante, no futuro.

Discordo em alguns pontos da legislação, em algumas questões que infelizmente, é características do cenário da construção civil, no Brasil ainda está “engatinhando”.

Esse local que estava pesquisando tem um potencial de crescimento, é coerente pensar em novos processos de construção mais sustentáveis e também tecnológico.

Como também entender que em se falando de “partido” (*) para ela pode ter características muito particulares. Uma residência é síntese de hábitos, gostos e personalidade. Uma arquitetura também é uma expressão de arte em que em outros sentidos, como a “neuro-arquitetura”, são extremamente importantes para a qualidade de vida.

(*) não tem nada com politica, é o termo técnico que usamos para descrever a aparência que tem o terá uma tipologia

Existem alguns avanços, mas muito pontuais. Estamos engatinhando.

É preciso que as autoridades, os responsáveis, os empreendedores e todos que têm o poder para conduzir e intervir estejam atentos para perceber mais adiante.

O morar vem sofrendo mudanças. E vai continuar porque a vida vem mudando. E com isso também as pessoas vêm procurando mais qualidade de vida no morar.

As tecnologias estão avançando, novos sistemas construtivos já existem. São sustentáveis, sem desperdício, mais rápidos, seguros.

Como também a questão energética, ambiental. Gerar energia, captação de água e reuso de água. Tratamentos de esgoto que praticamente tudo pode ser “transformados” e inclusive virar uma horta.

Enfim.

Para construir, tem muitos outros itens que precisam de atenção.

Ter profissionais para orientar e conduzir. Em todo processo.

Organizar e planejar. Saber quanto tem para investir para poder finalizar a obra e ter a escritura finalizada.

São muitos itens.

O propósito desse post é apenas para alertar sobre alguns aspectos da construção que para as pessoas comuns que estão pretendendo construir não tem a menor noção. Por isso existem os profissionais. E por outro lado também é preciso avanços em todos sentidos sem engessar alguns aspectos que já não fazem mais sentido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s