As múltiplas funções de um arquiteto

Já parou para pensar o quanto o arquiteto tem que ter habilidades múltiplas no seu dia a dia?

Não me refiro a formação por si só. Me refiro as habilidades extras que precisamos ter e desenvolver dia a dia.

A formação de um arquiteto por si só é bem ampla gerando um leque de habilidades e conhecimento, permitindo o arquiteto escolher o seguimento que é mais adequado, prazeroso, tem maior afinidade e mesmo mais rentáveis para alguns. Um arquiteto pode escolher entre ser um bom operador de soft, ser vendedor de algum item relacionado à construção, pode ser mais técnico, fazer laudos, ser um perito, pode ser projetista, enfim. Suas habilidades se expandem sem falar nas especificidades como luminotécnica, paisagismo, interiores, etc.

Suas habilidades vão muito além de simplesmente projetar, de simplesmente por num papel sínteses de levantamentos de informações físicas tangíveis e intangíveis ao encontro de conjunto de desejos e legislações.

Isso mesmo, nós nos formamos em arquitetos e urbanista, mas na pratica somos muito mais que arquitetos.

Para começar temos que ser vendedor. Sim vendedor de nossos serviços, com habilidades em venda, em markting e tudo mais. Imagina, vender uma coisa intangível, é muito diferente de ir numa loja e comprar uma peça seja ela qual for, embrulhar e levar. Na arquitetura não acontece isso, nosso produto não é palpável no primeiro momento. Ainda será produzido, ainda será construído. E digo o bom vendedor é capaz de vender seu produto mesmo sendo ele intangível, impalpável.

E nesse processo de venda, o arquiteto também precisa ser um pouco como um tipo “guru”, “bola de cristal” ou coisa semelhante e descobrir exatamente o que o outro, seu cliente precisa. O cliente sabe que precisa alguma coisa, mas nem sempre sabe exatamente o que precisa e o que deseja e nem sabe o quanto o arquiteto pode ajudá-lo.

Entra a etapa de desenvolver o projeto, o arquiteto continua tendo que ser um “guru” para adivinhar os gostos, o partido que melhor adequa ao perfil, o bolso se pode ou não investir em um projeto mais elaborado e requintado, e por aí vai. Nem sempre o cliente passa todas informações que são necessária para o arquiteto.

E muitas vezes aí nessa etapa entra outra função do arquiteto, o psicólogo. Isso mesmo, psicólogo. Entender as necessidades do cliente que estão guardadas a 7 chaves, os medos, as angustias e mesmo as diferenças entre os integrantes de uma família, os diversos gostos e desejos isso se no caso um projeto residencial, ou de sócios com opiniões divergentes, enfim. O arquiteto tem que ter não só uma paciência de jó mas um jogo de cintura para contornar e mediar a situação para que todos saiam ganhando e seu serviço não seja abortado.

Arquiteto também é despachante, tem que recolher, juntar um monte de documentos, xerox, etc e enviar para o processo legal de aprovação. À propósito, para quê tantas documentações, para quê tanto papel na era digital em que estamos se temos condições de ter tudo atrelado, informatizado e simplificado? Bem isso já é outro assunto!

Vem a etapa do processo legal, o arquiteto assume então outra função. De advogado. Defender o próprio projeto embasado na legislação vigente que lhe dá o direito de ter feito o que fez. O arquiteto não inventou nada, não descumpriu a legislação, mas chega um analista interpreta a lei de outro jeito, a legislação deixa brecha, então temos que ser advogados para nos defender.

E entre tantas funções, por fim vejo a função de maior valor como sendo a Inter pessoalidade. Quero dizer, o carisma, o respeito, a simpatia, empatia, a capacidade de ouvir, o saber se colocar no lugar do outro, a cooperação, o cuidado. E essas funções vão além de qualquer domínio de técnica, de saber, de “know-how”, de habilidades de formação. São características únicas do ser, do humano, da pessoa.

Você ainda tem dúvida do valor do trabalho de um arquiteto?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s