Do it yourself – DIY – Faça você mesmo

Aproveitando o gancho do colega arquiteto Klaudyo da #arquiteturampb, é possível fazer inúmeras coisas, você mesmo, para baratear custo, para reciclar, para inovar, para ser exclusivo, ou simplesmente pelo puro prazer de “fazer você mesmo.

Nesse post vou exemplificar algumas ideias feitas por mim mesmo, peças avulsas, qualquer um pode executar, basta um pouco de critério, paciência, criatividade e surgem coisas, objetos personalizados.

Esses exemplos aqui são bem simples, básicos; tenho visto muitas coisas bem criativas que poderiam ilustrar muito bem o “DIY”

Espelho:

espelho1

Materiais utilizados: Porta de armário descartada em reforma, pastilhas de vidro restos de obras anteriores, massa para madeira, lixa, cola branca tipo cascorex mais forte, rejunte branco, seladora e tinta pva branca.

Preparando a porta:

Primeiramente foi removido as dobradiças, parafusos. Em seguida aplicação de massa para madeira para fechar os furos. Depois de seca completamente a massa de madeira, o lixamento para uniformizar a superfície.

Utilizei a lixa em toda a porta.

Escolhi as pastilhas e criei a composição. Com cola branca foram coladas uma a uma.

Depois de tudo colado, seco, apliquei o rejunte branco. E logo em seguida a limpeza com cuidado.

Nas laterais onde a madeira estava aparente, passei umas demãos de seladora e em seguida a tinta pva branca.

Luminária:

luminaria1

Cestos de fibra natural, corda, pedaço de bambu, soquete e fio.

Essa luminária não teve muita invenção, somente uma adaptação dos materiais utilizados.

A fiação foi “escondida” pela corda, preza ao fundo do cesto com o soquete para a lâmpada.

Uma seção de bambu por donde passa a fiação, e preza ao teto, fez o acabamento.

O efeito criado foi interessante, aconchegante.

Gaveteiro

gaveteiro1

O gaveteiro velho de escritório ganhou uma nova “roupagem” e adaptado para um quarto de criança.

A proposta foi algo mais descontraído e alegre.  Utilizei cores puras e vibrantes.

Cada frente foi pintada de uma cor, foi trocado todos os puxadores por peças coloridas compondo as cores utilizadas; adesivos desenhados em forma de gatinhos e recortados em papel contact amarelo fez a peça ainda mais alegre.

Esses são apenas alguns exemplos das inúmeras possibilidades que podem ser feitas por você mesmo, que pode-se prevalecer um jeito novo e personalizado de inventar, inovar peças para compor seu ambiente.

A criatividade pode ir além, muito além. O que é possível fazer? Muitas coisas, inúmeras coisas.

Perceba o que se tem em sua volta. Restos de madeira, revestimentos, bobinas de elétrica, tecidos, vasilhas, papeis e tantas coisas mais. Muitas coisas vão para o lixo e poderiam ser reutilizadas, trabalhadas, servir, ter outra função.

E quando nos referimos à classes com menores poderes aquisitivos, encontramos lá muita criatividade.

Então, mãos à obra! Mão na massa e boa criatividade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s