Sem exceção, todos ambientes que encontrei na minha experiencia profissional, os clientes se queixaram que estavam cansado do bege, do branco. No caso os ambientes só tinham, ou tudo bege ou tudo branco.

Era enfático. Relataram:

“chego em casa e me sinto desanimada”;

“Estou cansada dessa monotonia”;

“Não sei o que acontece, não consigo mais usar a minha sala (toda bege)”;

“minha casa não tem vida”;

“minha casa parece que foi feita só para ser capa de revista”

Entre outros.

O fato é que depois de algum tempo o bege não era mais aconchegante, como se pensavam de início.

No design de interiores acontece a mesma coisa que acontece no mundo da moda. Por um momento lançam uma tendência para vender determinado produto como se aquela tendência se adequasse a todos usuários. Sabemos que isso na prática não funciona. Cada um tem seu jeito de ser e suas necessidades.

Esse ímpeto de consumo ainda faz, até hoje, que muitos se utilizem do bege, por ser uma cor conhecida como “uma cor neutra”. E com o tempo vai se percebendo que a cor não é assim tão neutra.

Entendo que neutro é neutro, não interfere em nada! E os relatos comprovam que essa afirmação está errada.

E então por que o bege provoca tanto essa sensação de desanimo, de apatia?

Existe um outro fator muito importante que a cor carrega. E nesse sentido, muitos, inclusive, não acreditam ou não querem acreditar, não entende, e eu respeito cada um.

A metafísica já pode comprovar. São questões além da física. Além do mundo físico.

E essas questões ou informações ficam “gravadas”, guardadas em nosso subconsciente que são “ativadas” por algum aspecto físico, ou por algum som, cheiro, vivencias, e muitas outras coisas, que seria assunto para outro livro.

Portanto nossa memória visual também associa uma determinada cor com alguma vivência ou experiencia, que não nos damos conta no plano consciente. E pode ser boa ou ruim. E também é, muitas vezes, primitivas e ancestrais.

A cor bege por exemplo pode ser associada as securas do deserto, o sem vida.

Como o branco, as geleiras, o frio.

Essas sensações estão gravadas em nossas memorias primitivas, acredite ou não.

E se a pessoa passa muito tempo inserida em uma cor certamente vai absorvendo a energia da cor, e sendo por ela influenciada.

É claro que mesmo que você pinte sua casa toda de bege, use materiais, objetos e acessórios de boa qualidade, produtos nobres, tudo bege, o efeito não é imediato; não é da noite para o dia.

A sensação vai sendo percebida, ampliada, dia após dia. Como fosse doses homeopáticas. O efeito é duradouro.

Nenhuma cor tem o efeito imediato. Não é mágico, não é de imediato que vai trazer uma sensação desejada. Como por exemplo, para quem tem insônia, sugiro pintar de azul. O efeito vai sendo sentido em doses homeopáticas, e sejamos realistas, muitas outras coisas estão associadas. A cor tem seu papel muito importante, mas não é a única responsável por transformações.

E dessa forma tenha cuidado ao escolher as cores de seu ambiente. Procure usar mais de uma cor se possível, para criar um equilíbrio.

O bege pode ser usado. O problema é usar somente bege. Em grandes proporções. Use bege com azul, verde, vermelho, use bege com outras cores. As sensações percebidas serão realmente diferentes.

Espero que tenha gostado da minha explicação.

Sempre que faço uma postagem, “criticando” porque não usam outras cores, quando me refiro aos ambientes todo bege, perco seguidores. A minha preocupação é apenas o bem estar de todos, e sabendo que as cores podem sim influenciar até de forma negativa eu preciso levar essa mensagem até você.

Para quem não me conhece, sou arquiteta, além dos trabalhos de projeto, interiores e obra, venho fazendo um trabalho mais intenso e direcionado sobre o assunto cores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s