O que são soleiras?

Preciso de soleira? Algumas pessoas perguntam, questionam, até mesmo pensando em itens que podem economizar  no bolso quando estão fazendo uma reforma.

Por que umas soleiras são mais largas e outras mais estreitas? E como saber qual colocar?

O que são soleiras?

Pelo dicionário são peças de cantaria a qual se assentam as ombreiras de uma porta. Você deve estar se perguntando, como??!!!

Vou explicar, são peças de acabamento ou de arremate entre pisos diferentes ou entre níveis diferentes de um ambiente para o outro. São peças que ficam no piso na parte inferior da porta. E abaixo dos batentes das portas.

Quando se faz uma reforma muitas vezes a soleira não é mais assentada abaixo dos batentes das portas. Isso dependendo da reforma esse procedimento não é possível. Nesse caso as soleiras são assentadas entre os batentes das portas.

Também não são mais  peças exclusivas de cantaria como eram anteriormente. Esse acabamento ou arremate pode ser feito por exemplo de madeira.  Ou pode não haver soleira, o piso continua em mesmo nível de um ambiente para o outro.

Porém as soleiras de “cantarias” ainda são as mais usadas.

Elas são feitas na maioria das vezes em mármores ou granito.

E por que algumas são largas e outras estreitas?

Por ser uma peça de arremate ou acabamento, em algumas situações não é necessária uma soleira larga com a mesma dimensão do batente da porta ou maior que o batente.

Dependendo do projeto pode ser solicitado que seja feita uma “soleira” com a mesma dimensão da espessura da folha da porta. Nesse caso são chamadas de baguete.

Ela fica posicionado exatamente embaixo da folha da porta de tal forma que quando a porta está fechada não é possível de se ver a soleira em nenhum lado da porta.

Já no caso de uma soleira om a largura da porta, um lado fica aparente quando se tem uma porta fechada.

É importante para esse tipo de soleira que esteja em harmonia com o piso. Lembre-se que ela fica aparente de um lado da porta.

Escolha tonalidades semelhantes ao piso, entre mármores e granitos, existem muitas opções.

Se, ao se deparar entre dois ambientes com pisos totalmente diferentes opte por colocar uma soleira em harmonia com o lado que ficará aparente. Ou estão utilize a baguete que deve ficar oculta quando as portas estiverem fechadas. Ou ainda opte por uma peça neutra que não comprometerá a harmonia dos pisos em questão. As vezes basta um bom senso na escolha adequada para a tonalidade da soleira.

Geralmente no interior das residências o acabamento da peça de soleira é polido. Deve-se observar qual lado fica aparente, se em diferença de nível um lado da borda fica aparente, deve-se solicitar que seja polido.

O mercado oferece padrões básicos “prontos” de soleira  nas dimensões convencionais dos vãos de portas.  São padrões como cinza andorinha, preto, mármore comum entre outras.

Quando se deseja uma soleira especifica de um material específico com uma tonalidade especifica como por exemplo um “café imperial”, considerada uma peça um pouco mais nobre, deve-se encomendar em uma marmoraria para fazer o corte da peça conforme a dimensão do vão da porta.soleira2

Essas são apenas algumas questões práticas.

Sim deve ter soleira entre pisos diferentes e ou em níveis diferentes. É uma peça de acabamento transmite um efeito diferenciado no ambiente. Denota capricho e cuidado no projeto e na execução.

Pense nisso, alguns detalhes fazem muita diferença no produto final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s