Estávamos falando em revestimento, nada mais pertinente em falar também na questão do rejunte.

O rejunte é um material de acabamento e proteção das peças de cerâmica, porcelanato, pedras e etc.

E como saber como escolher qual o melhor e mais adequado? As alternativas de escolha não são como os revestimentos onde o mercado oferece uma gama enorme de escolha para todos gostos e os bolsos.

No caso dos rejuntes a gama de escolha é bem menor, porém as características de um e outro tem particularidades que devem ser observadas. É claro os preços também variam conforme suas características.

Basicamente são três tipos que o mercado oferece: o rejunte de base cimentícia conhecido popularmente como rejunte comum, o rejunte acrílico e o rejunte epóxi. Todos eles têm opções em diversas cores.

Vejamos algumas diferenças entre um e outro.

O rejunte conhecido como comum é o mais popular de todos eles e o mais barato sem sombra de dúvida. É vendido em forma de pó para se preparar é misturado com água. Pode ser aplicado em todos os tipos de cerâmica, porcelanatos, pedras etc.

É um rejunte que apresenta grande porosidade, como o tempo costumam ficar escuros, mais porosos e encardidos. Acumulam sujeiras, fungos e mofo. Não são totalmente estanques. Para melhorar suas características aconselha-se misturar impermeabilizante na massa.

O rejunte acrílico vem pronto para o uso. Sua base é a resina acrílica. Apresenta características que proporcionam resultados bem mais atrativos que o rejunte comum. São mais resistentes, apresentam aspecto liso e são mais duráveis. Tem um bom custo benefício. Pode ser usado em qualquer material. Deve-se fazer a limpeza logo após sua aplicação.

O rejunte epóxi, tem base em resina epóxi. Ele se apresenta em material bicomponente que deve ser misturado somente na hora da aplicação em partes iguais. São extremamente resistentes. Ótimo para áreas molhadas, áreas que exigem maiores números de limpeza. Áreas que sofrem com grandes números de lavagens e produtos químicos, áreas de grande tráfego. O preço é o mais elevado do mercado. Mas se for considerar o local onde será aplicado vale a pena o investimento. É claro para um local desse tipo, o revestimento deve ter as mesmas características de resistência.

O maior problema do rejunte epóxi é a mão de obra para sua aplicação que deve ser feita por profissionais capacitados. Deve-se aplicar em áreas pequenas por vez, requer limpeza imediata após a aplicação. Não deve ser aplicado sobre materiais porosos.

Cada um dos tipos de rejunte tem um tempo de secagem diferente. Todos eles devem ser aplicados depois de limpeza do local.

A quantidade de consumo depende muito do tamanho da junta do revestimento. Os fabricantes oferecem umas tabelas onde é possível calcular a quantidade necessária para determinado revestimento com os espaçamentos de junta utilizados.

Portanto, escolher o rejunte mais adequado tem que considerar o uso do local, o revestimento que está sendo utilizado e também a mão de obra capacitada.

Espero ter ajudo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s