O Feng Shui é vento (yang) e a água (yin).

O Feng Shui é a relação de equilíbrio (yin/yang), essas forças devem estar sempre em equilíbrio para o ambiente ser prospero e agradável.

São polaridades, como o dia e a noite, que são necessárias.

O feng shui veio para o ocidente e foi interpretado por várias correntes. Por isso existem vários tipos de feng shui, como o do chapéu preto, do pachá, indiano, dos cincos elementos, dos cincos animais, etc.

No feng shui são analisadas as áreas:

Missão de vida, que é o trabalho que tem o seu proposito;

Espiritualidade, sabedoria; Família antepassado; Prosperidade; Sucesso;

Relacionamento; Criatividade; Amigos. E a saúde.

Pelo feng shui tanto a casa como os habitantes são regidos por cinco elementos, água, terra, madeira, fogo, metal. Todos nós temos os cinco elementos, porém, em geral, dois ou três são predominantes.

Todos elementos podem assumir polaridades mais yin ou mais Yang, é quando ocorre um desequilíbrio.

Uma pessoa pode ser mais yin e por alguma razão apresentar características mais Yang, e vice versa, O equilíbrio é o neutro que contribui com magnitude com as suas características naturais.

Por exemplo uma pessoa que é de madeira como elemento predominante, é uma pessoa “vigorosa”, firme, estável. imagina uma árvore. Tem um ciclo natural de crescimento e se estabiliza e mantem seus ciclos. Se uma madeira está yin ela não tem “forças para crescer” a pessoa tende a ficar inativa e “definhada”; já se está yang ela vai crescendo além do que deveria, tomando posse de outros lugares, “arrebentando” o solo com suas raizes, se tornando teimosa e difícil de ser derrubada.

Nossa energia pode ser observada no nosso local de morar e de trabalhar.

Muitas situações de comportamento  ficam imprimidas no local.

As vezes coisas sutis, tão sutis que pode passar despercebido.

A posição de sentar por exemplo, pode revelar sobre algumas questões.

A análise não é simples. São vários pontos para se fazer uma análise onde  tudo se conecta.

O feng shui não é uma técnica mágica, a pesar de sugerir algumas intervenções e tudo fica resolvido.

Não. Não é bem assim. Se estão vendendo formulas mágicas por ai, esqueça.

Não existe fórmulas mágicas. Muitas ações físicas podem sim melhorar, mas é preciso mudar dentro. Dentro de cada um. E as vezes dificieis, como formas de comportamentos, atitudes etc.

Quando muda dentro muda fora. E se não muda, as ações feitas no espaço vai melhorar um tempo, mas depois tudo volta como antes.

Parece louco? Parece! Mas é real!

No feng shui sempre aparece algo em  desequilíbrio que afeta outras áreas.

Sim o assunto é sério apesar de muita gente não acreditar.

Área do relacionamento por exemplo, é uma área que de alguma forma se destaca na vida das pessoas.

O relacionamento (casal) afeta diretamente a prosperidade. Sim, pode acreditar. Afeta outras áreas também. Relacionamento e prosperidade estão diretamentes relacionados e conectados.

E não adianta somente colocar objetos em pares para energizar a área. É preciso mudar dentro, mudar posturas, pensamentos e atitudes

Se muda dentro muda fora. 

Um relacionamento tem que ser sempre  o “nós” sempre presente de igual para igual. Nenhum, nem outro, pode ser mais em alguma coisa. Ser melhor ou “superior”

Tem que haver um propósito em comum. De ambos. Tem que haver comprometimento um com o outro. As intenções de cada um têm que ser claras e verdadeiras. 

Se um gosta de maçã e outro gosta de laranjas tem que ser franco e falar e não fingir que está tudo bem se calando sem falar para o outro que não gosta de maçã. Tem que haver um concenso, tem que ter o equilíbrio.

O feng shui não é mágico que vai trazer curas e tudo se resolve. 

Fuja de quem vende poderes mágicos, esqueça porque não é bem assim. 

Um exemplo típico é a questão da casa bagunçada, se arruma e depois tudo volta é porque a vida ainda está bagunçada.

Geralmente se omite coisas do relacionamento e por fim reclamam da prosperidade….

Omite se coisas simples do dia a dia para não “magoar” o outro. No futuro a conta vem.

Veja agora algumas dicas

Mas como falei, não basta as dicas físicas. Elas ajudam, mas não bastam.

Dicas para quartos de casal. Já que é uma área muito importante de nossas vidas.

As dicas é um contexto de um modo geral. Logicamente em muitos casos devido ao espaço físico não conseguimos um layout que seria mais adequado.

Bora lá para as dicas:

Evite a cama encostada em um lado da parede. A cama deve ficar encostada apenas na cabeceira e livre em toda volta.

Evite encostar a cabeceira na parede que dá para um banheiro ou sob uma janela. Sei que isso nem sempre é possível.

Evite cama box que tem a base bipartida (em dias partes)

Tenha dois quadros, luminárias, duas almofadas/travesseiros nunca em três.

Tenha objetos em pares sempre com tamanhos semelhantes. Nada de um maior que o outro.

Evite espelhos na posição que reflete você dormindo.

Não guarde sapatos ou qualquer objetos em baixo da cama.

Evite TV no quarto.

Evite carregar o celular na cabeceira (esse item nos dias de hoje é bem desafiador!)

Quando levantarem arrume o quarto. 

Use cores. Tenha algum vermelho mesmo em pequena quantidade.

Tenha um espaço bonito e aconchegante. É um ambiente que você passa em média um terço de suas vidas.

São apenas algumas dicas. 😊

Se você se interessou e deseja fazer uma consultoria, entre em contato para maiores informações.

os cinco elementos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s